201607.21
0
0

Resenha de Eleutério Prado sobre Ce cauchemar qui n’en finit pas

Foi publicado no primeiro semestre de 2016, na França, pela editora La Découverte, o mais recente livro de Pierre Dardot e Christian Laval que, segundo os próprios autores, foi escrito sob um agudo sentimento de urgência. Eis o seu título em tradução direta: Este pesadelo que não termina – como o neoliberalismo derrota a democracia (em francês: Ce cauchemar qui n’en finit pas – comment le néolibéralisme défait la democracie). Trata-se um texto de intervenção na conjuntura social e política francesa, mas que traz um alerta pungente que ecoa no presente momento histórico do evolver do mundo como um todo. Como obra singular, esse escrito se apresenta como síntese confluente das teses que desenvolveram em outros três livros antecedentes: La nouvelle raison du monde. Essai sur la société neoliberale (2009), Marx, prénon Karl (2012) e Commun. Essai sur la révolution au XXe siècle (2014). Como se sabe, o primeiro deles foi recentemente traduzido para o português, tendo sido publicado no Brasil pela editora Boitempo, com o título A nova razão do mundo. Ensaio sobre a sociedade neoliberal (2015).


Leia a resenha na íntegra.