201703.20
0
0

Revolução Russa em haicais de Johny Guimarães

Soldados  russos voltando pra casa  – acariciam sua única perna. Outubro russo sempre criticado e tão presente, presente: Permanente! Soldados russos marchando pra guerra a saudade de casa fazendo calo nos pés. A Revolução Russa é a canção dos meus sonhos. a revolução: de Eisenstein, Maiakovisk, Essenin, Dziga Vertov e Trotsky…

201701.27
0
0

Nosso destino, poesia de Vinicius Comoti

jaguaras hoje não vai ter cacoetes que voe a cutucada junto com outras amarras com as lentes de uma geração calcada em pó e pique faz de conta que nós éramos os protagonistas da chanchada feita de apenas um plano: um travelling infinito massageando nossa esclerose como nossa virtude quitutes que já venham descascados da…

201701.12
0
0

Guerra Civil Espanhola em Haicais, por Johny Guimarães

Gaveta  aberta lágrimas  nos  olhos Capra  fotografa  a  Guerra  Civil  Espanhola. Nas  barricadas  gritos suor,  sangue   (morte) combatem  milicianos   espanhóis. Feridas abertas dores  no  corpo aviação  Condor  sobre o céu  de  Guernica. Noite chuvosa lua  dentro do sapato bombas caem sobre Madri. Fugindo, fugindo no sapato a terra e o sangue espanhol E na mala…

201611.13
0
0

Haicais de Johny Guimarães

Outono em greve a rosa rubra ergue o estandarte trêmula ao vento: greve geral. Jesus Cristo na sessão de análise com Dr. Freud a psicanálise está em alta. Sonhos descosturados vagando  pelas barricadas acabou a Guerra Civil Espanhola. Na sala só ela:  rosada, esbelta Oh! lírio no jarro. Os vaga-lumes são estrelinhas que moram nos…

201609.12
0
0

Poema de Rodrigo Chagas

Eu conheci uma garota que rangia os dentes enquanto dormia, como um rolo compressor ao passar no asfalto quente. Não me lembro seu nome, ela tampouco o meu… Mas, minhas mãos acariciavam sua tatuagem de uma maneira suave… – De uma maneira suave. Ela disse. Quantas pessoas precisamos amar – ou dormir para saber que…

201609.12
0
0

Pátria armada, conto de Rafael Simonetti

Terminou de colocar os brincos de “olho grego”, olhando-se no espelho e retocou o batom. Maria era mais uma Maria, mas naquele dia sentia que estava fazendo a diferença, pelo menos não faria parte das Marias de braços cruzados. Estava com 54 anos e pronta para participar de sua primeira manifestação. Um lenço verde e…

201607.25
0
0

Haicais de Johny Guimarães

Feridas abertas  dores no corpo  aviação Condor sobre o céu de Guernica               (para Jorge Nóvoa) Noite chuvosa  lua dentro do sapato  bombas caem sobre Madri. .**. É golpe? Sim! é golpe? não! é golpe, sim. É. Não, é! .**. A bailarina fosfórica dança na luz do fogo a cabeça…