201612.18
0
0

Lilian Morais: Por uma pinacoteca pública em Salvador

A artista plástica Lilian Morais tem formação em publicidade e pesquisa artes visuais.  Em uma de suas mais recentes criações, a exposição “Bolo no Buzú”, a artista retrata cenas do cotidiano da população soteropolitana que utiliza o ônibus como transporte diário, carinhosamente apelidado pelos baianos de “buzú”. Atualmente a artista promove uma campanha por uma pinacoteca pública…

201612.17
0
0

A poética visual de Juarez Paraiso: dinamismo, organicidade e sensualidade

A atuação de Juarez Paraiso na área artística é marcada por grande importância, tanto na criação de obras murais em espaços públicos e privados, como nas experimentações em diversas técnicas e no desenvolvimento de pesquisas artísticas. Iniciou sua carreira artística na década de 1950, angariando duas premiações no 2º Salão Universitário Baiano de Belas Artes,…

201612.16
0
0

Kristian Feigelson: o olhar de um europeu em viagem ao Brasil

Nos últimos dez anos Kristian Feigelson (historiador e sociólogo, professor de Paris III – Sorbonne Nouvelle) visitou várias regiões do Brasil, sempre acompanhado de uma máquina fotográfica. Salvador e praias da Linha Verde, Cachoeira (BA), Fortaleza, São Luís, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu, Londrina, Florianópolis, Recife e as serras da Chapada…

201612.15
0
0

Roland Cros: o mais novo gravurista de cordel

Roland Cros faz gravuras, instalações de arte e esculturas de madeira ao ar livre. Grande parte de suas criações são xilogravuras e impressões. Em 2016, fez uma residência no Instituto Sacatar, na Ilha de Itaparica (BA), onde desenvolveu um estudo sobre cordel, estudando os temas, personagens e técnicas utilizadas na literatura popular nordestina, típica da…

201612.15
0
0

Imaginando com Servane Cayeux

Servane Cayeux experimentou várias formas de expressão plástica antes de se confrontar com a pintura à óleo. Ela está engajada em trabalhar com a vibração das cores, das linhas e da luz. Dedicando-se mais à figuração e ao abstrato, seu trabalho deixa cada um livre para projetar sobre as telas seu próprio imaginário. Também faz…

201612.12
0
0

O “sentimento oceânico” de Sylvie Dallet

Sylvie Dallet é professora universitária (Arts, UPEM/UVSQ), presidente do Instituto Charles Cros, vice-presidente do Conselho Científico do Parque Natural Regional de Ballons des Vosges e membro do Conselho de Orientação do Observatório de Inovação Publique-Territoria. Além de professora e pesquisadora, Sylvie também é artista plástica e organiza anualmente Les Arts ForeZtiers, um festival de criação contemporânea…

201611.13
0
0

As “redes” de Ueliton Santana

A “rede” é citada nominalmente pela primeira vez por Pero Vaz de Caminha em sua carta datada de 1500. Já no século XX, Câmara Cascudo pesquisou e concluiu que “milhares de brasileiros nasciam, viviam, amavam e morriam na rede e toda ou quase toda aquela gente que arrancou o Acre para o Brasil nasceu e…

201611.07
0
0

Deisiane Barbosa: poeta e artista visual

Deisiane Barbosa é poeta, escritora de cartas e artista visual. Nos últimos anos tem trabalho no projeto Cartas à Tereza, desdobrando narrativas literárias em arte postal, fotografia, videoarte, livro de artista e intervenções urbanas. Considera-se uma andarilha, buscando viver de forma sensível os deslocamentos, que nada mais são que uma metodologia na produção de narrativas….