201609.14
0
0

Onças vivem em árvores durante as cheias na Amazônia

Um trabalho inédito realizado pelos pesquisadores do Instituto Mamirauá comprova que as onças chegam a ficar até 4 meses sobre as árvores, durante as épocas de cheias. Através do sinal de colares colocados nos animais por pesquisadores, a equipe descobriu que em vez das onças se afastarem, em busca de terra firme, elas ficam por ali mesmo.

A pesquisa foi um dos temas do programa Globo Repórter, na edição do último dia 2 de setembro e mostrou uma expedição rumo a Mamirauá, no estado do Amazonas. Lá os pesquisadores estudam o comportamento das onças, que vivem em uma área de mais de 1,1 milhão de hectares de selva inundada.

“Elas se alimentam, a principal presa são as preguiças, elas se movimentam de uma árvore para outra, elas acasalam, elas se reproduzem”, explica a médica veterinária Louise Maranhão, no vídeo da reportagem.

Ainda na expedição foi mostrado o trabalho de outros pesquisadores, unidos à população ribeirinha para preservar a floresta. O objetivo é ajudar a manter a Floresta Amazônica de pé e o equilíbrio de todos os animais e a população local.