Home / Notas literárias / Teoria crítica da crise. Alterrofobia, superfluência e abstração: uma sociedade de dominações (Le bord de l´eau) (Volume IV)

Teoria crítica da crise. Alterrofobia, superfluência e abstração: uma sociedade de dominações (Le bord de l´eau) (Volume IV)

theoriecritique

O quarto volume da série “Teoria crítica da crise” é dedicado à análise da realidade crepuscular que se encarna violentamente no destino reservado à massa cada vez maior das vidas indesejáveis e supérfluas que o capitalismo gera. Forçadamente exilados, desempregados ou inseguros, a lista dos dominados e excluídos continua a crescer à medida que o mundo continua a mutilar a vida, os corpos, as existências… A Revista possui três partes: “Universal e destruição: da identidade à heterofobia”, “Valor e mercantilização do mundo” e “Do desastre à desolação”.

 

Conheça outros números da Revista, acessando o site da Editora.

Check Also

Novo livro de João Carlos Salles, “A cláusula zero do conhecimento”

  A pretensão do livro A cláusula zero do conhecimento: estudos sobre Wittgenstein e Ernest …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *