201612.08
0
0

Natal da Igualdade com o grupo “Ô de Casa”: dia 10 de dezembro no Museu de Arte Sacra (SP)

natal


No dia 10 de dezembro, à partir das 10h realizar-se-á o Natal da Igualdade do grupo “Ô de Casa” no Museu de Arte Sacra, no bairro da Luz, São Paulo.


O Natal da Igualdade é canção e poesia. Tanto nas mencionadas tradições folclóricas quanto noutros gêneros de poesia popular (Lulu Benencase, Solano Trindade), na poesia clássica em língua portuguesa (Luís de Camões), na poesia e na prosa eruditas que dialogam com o popular (Cecília Meireles, Moacyr Scliar, Miguel Torga, Jorge de Lima e João Cabral de Melo Neto, que, quando adaptado ao Teatro, recebeu a parceria musical de Chico Buarque), na música erudita (“Jesus, Alegria dos homens”, de Johann Sebastian Bach, os Vilancicos de Navidad espanhóis, dos séculos XVI e XVII), nas letras de canções que dialogam com o erudito (Vinicius de Morais criando uma letra para aquela cantata de Bach, com o título “Rancho das flores”), na música popular que reflete criticamente sobre o Natal em sua contemporaneidade (Adoniran Barbosa, Paulo César Pinheiro, John Lennon/Yoko Ono em versão de Marcos Silva, Georges Moustaki, em versão de Nara Leão).


O Natal da Igualdade é memória da alegria porque o mundo pode melhorar e ter capacidade para enfrentar o que há de ruim nele – pobreza, violências, preconceitos. Deus se fez Homem, o Homem teve Deus como Igual, a Igualdade é um direito de todos. Tristes experiências mundiais de 2016 (conflitos sociais, recrudescimento de preconceitos, refugiados sem acolhida etc.) não nos podem imobilizar nem apagar a esperança.


Procuramos comemorar o Natal em nome da felicidade de todos, sem consumismo, com direito à alegria permanente, à liberdade e à conquista de maiores possibilidades de uma vida melhor para homens e mulheres. É com essa meta que apresentamos canções, poemas, prosas.


Quando: dia 10 de dezembro às 10h

Onde: Museu de Arte Sacra de São Paulo (Av. Tiradentes, 676 – Metrô Tiradentes).